Camisa xadrez – história e estilos

A camisa xadrez é uma das peças de roupa mais atemporais do armário. E acredite! Ela vai muito além de um visual de festa junina. Vem ver de onde veio essa moda!

 

 

Anos 1970 – Pegada western

Nos anos 1970, a peça surgiu relacionada a uma pegada western, voltada pro mundo jovial e largadão: não precisava de exageros, era comum usarem o xadrez com jaquetão de couro ou qualquer acessório que remetesse ao universo country, como lenços e botas. Não à toa é associada ao visual de festas juninas.

 

1990 – Estética grunge

Aí vieram os anos 1990, com os grunges e até os punks, numa vibe rocker que manteve estilão largado e acrescentou os acessórios relacionados a esse universo. Junto com a camisa xadrez – muitas vezes amarrada na cintura – viera luvas e pulseiras de spikes, juntamente com a padronagem desbotada e os jeans rasgados. Foi nessa época que o estilo bombou de vez e ganhou cada vez mais adeptos.

 

 

2000 até hoje – Vibe skatista

Desde o início os anos 2000, a camisa xadrez passou a ser um ícone para os skatistas – resquícios da rebeldia punk. Hoje, a peça segue como referência de estilo casual, sem deixar de homenagear o universo grunge e indie: de Nirvana a Strokes, o xadrez é ícone de moda dos roqueiros. Convencido a ter uma camisa xadrez? Combine-a com calças skinny ou a boa e velha destroyed.

 

O xadrez sempre se identificou com os estilos de rua
O xadrez sempre se identificou com os estilos de rua (Foto: Shutterstock)

 

 

 

btn_veja-mais