Escalada indoor e outdoor

A escalada é um esporte que exige muito de seus atletas. Para escalar, é preciso que o atleta tenha o corpo e a mente em equilíbrio para que não ocorram problemas, sendo assim, é importante que além de força e resistência física, o praticante do esporte tenha também muita concentração e foco.

*Preços sujeitos a alteração

 

OUTDOOR

Quando se diz respeito à escalada outdoor devemos ter em mente que o esporte será praticado em paredões de pedra encontrados em ambientes abertos, por toda a natureza – esses são os sítios naturais de escalada ou SNE.

O uso correto de equipamentos de escalada nesse tipo de modalidade é importantíssimo para manter a segurança do atleta durante o percurso. Dependendo da modalidade, os equipamentos também auxiliarão o atleta durante a subida. No caso da escalada livre, o uso de equipamentos é unicamente voltado à segurança, já na escalada artificial os equipamentos servem também para ajudar o escalador a alcançar o cume.

*Preços sujeitos a alteração

 

INDOOR

Essa escalada é praticada em ambientes fechados com paredes de madeira e com agarras que servem para imitar rochas. Essas paredes também são conhecidas como Estrutura Artificial de Escalada (EAE). Para iniciantes, elas contam com agarras maiores e mais próximas – conforme elas vão diminuindo e se distanciando, o grau de dificuldade aumenta. Essa prática é feita para lugares que não contam com sítios naturais.

No Brasil o grau de dificuldade para a escalada varia de 1 a 10. Além disso, podem ser subdivididos em A, B e C. Uma subida 5A é mais fácil que uma subida 5B. Outro fator que influencia o grau de dificuldade da escalada é a inclinação da parede. Como podemos ver nas fotos a seguir.

Já a largura é estimada em 1,7 quilômetros de comprimento. A queda foi encontrada em 1855 pelo explorador escocês David Livingstone, que a batizou em homenagem á Rainha Vitória.

*Preços sujeitos a alteração

 

btn_veja-mais