Praias gringas para surfar no inverno

O inverno está chegando, pra praia desce geral. Isso mesmo! Surfista nato vive a procura de bons picos para dropar. Mas se não curte de surfar no nosso inverno, se liga nas praias gringas que vamos mostrar!

 

França

Hossegor é um dos points de surf mais importantes da Europa. É famosa por criar monstruosas paredes d’água, com tubos mágicos, que chegam a 6 metros de altura! Não é pra iniciantes, ok?! Oferece ainda uma bela vista da Place des Landais, centro comercial local, com suas lojas, bares e restaurantes. Aproveite para visitar a tradicional “No Marcot”, pastelaria que também serve um chazinho   🙂 

 

El Salvador

El Salvador é o menor país da América Central, mas também é um ponto turístico bem conhecido pela sua beleza natural e por ser quente o ano inteiro. E agora, que os surfistas descobriram que dá pra entubar por lá, cresceu mais ainda. Praias como El Zonte, Sunzal e La Libertad têm ondas de cerca de três metros de altura no período de março a outubro (!), que é quando mais chove. É nessa temporada também que a famosa Punta Roca começa a bombar, com ondas que chegam a beirar os 18 pés. Aproveite que essas praias são fortes atrativos de brasileiros e aprecie a boa culinária local, recheada de vegetais e frutos do mar!

 

El Sunzal, uma das praias mais tops de El Salvador
El Sunzal, uma das praias mais tops de El Salvador (Foto: Shutterstock)

Califórnia

A Califórnia é um dos maiores picos do surf dos EUA, muito por sua versatilidade. Há praias com ondas mais suaves, como Malibu, Santa Cruz e Rincón, que nunca decepcionam os surfistas, mas há também a tenebrosa Maverick’s, com suas ondas de arrepiar de tão enormes! Há uns 15 anos, o renomado surfista brasileiro, Carlos Burle, ousou desafiar um paredão com 21 METROS que lá brotou! Aceitamos se você não tiver coragem, mas, se já estiver por lá, não deixe de dar uma bela caminhada ou pedalada na ponte de São Francisco ou de conhecer o Death Valley, com belas paisagens desérticas e dunas coloridas. Vale à pena!

 

 Japão

Apesar do Japão ser um país famoso pela pesca, os dropadores também têm tido seu lugar garantido. Shonan, por exemplo, é uma cidade que fica a apenas uma hora de Tóquio e é um dos pontos de surf mais famosos do país, graças à sua geografia que propicia a formação das ondas. Lá, elas são criadas por tempestades que passam por Tóquio e explodem no mar, gerando grandes sweels. Se for passar por lá, não se esqueça de dar um pulinho no Koan, um dos restaurantes mais tops do país e se embebedar com a gastronomia japonesa.  😉

 

 

 

btn_veja-mais