A força do 4 conosco está

Há um tempo, mais precisamente em 1977, numa galáxia muito, muito distante denominada Via Láctea, um varão chamado George Lucas iniciou uma franquia que mudou os rumos do Universo.

E, de tempos em tempos, fomos apresentados às mais diversas batalhas de proporções épicas, com desfechos trágicos e descobertas chocantes. Curiosamente, várias dessas sagas foram ao conhecimento do público no amado mês de maio, o que foi a primeira grande desculpa para uma data comemorativa ser criada.

Já no nem tão longínquo ano de 2011, veio o estopim: no dia 4 de maio, um batalhão organizado de fãs da cidade de Toronto decretou o Star Wars Day, uma espécie de feriado não-oficial. Segundo o mito, a semelhança fonética de “may the fourth” (4 de maio) com “may the force” (da célebre frase “que a força esteja com você”), um famoso trocadalho do carilho, foi a segunda desculpa que finalmente consagrou a data.

Agora, no futuro, impérios do Facebook, Youtube e blogs ditam a ordem para os nerds, pois realizam a propagação das celebrações. Eventos hilários como Star Wars Run, baladas na famigerada Rua Augusta, em São Paulo, repletas de seres fantasiados e com sabres de luz são as comemorações mais típicas da cultura dos adeptos. A grande regra para comemorar é: não partir para o lado negro da força.

E assim nasceu o May the Fourth…  a grande herança de George Lucas. Pois como diziam por aí, Darth Vader é pai de Luke e Star Wars é pai dos nerds. E é isto, que o 4.. ops… que a força esteja com você!

btn_veja-mais