Qual é a sua pedalada?

Conheça as principais modalidades do ciclismo 

A bicicleta é o meio de transporte mais comum do mundo inteiro. Milhares de cidadãos das grandes metrópoles tem optado por andar de bicicleta e deixar o carro na garagem. Dessa forma, evitam o trânsito, não poluem o meio ambiente e se exercitam. Porém, o ciclismo é muito mais que uma forma de locomoção. Existem muitas vertentes do esporte, e por todas as bicicletas serem muito parecidas, é comum que pessoas confundam essas modalidades. Portanto, vamos esclarecê-las agora.

Speed Bike

blur-1281675_960_720

A mais tradicional é a do ciclismo de estrada. Conhecida no Brasil como Speed, a modalidade tem bicicletas mais finas e leves, para o ciclista aguentar as longas distâncias e chegar ao objetivo antes dos oponentes. As distâncias dessas corridas variam de 90 à 150 quilômetros. Apesar de ser uma das modalidades mais antigas, somente ganhou o seu reconhecimento merecido na década de 90, assim que a televisão começou a fazer propaganda e passar alguns vídeos das provas de ciclismo de estrada.

Ciclismo em pista

ciclismo001-1334257961
Foto: Marcio Rodrigues/FOTOCOM.NET

O ciclismo de pistas talvez seja a vertente do ciclismo que mais tem subcategorias. O nome da modalidade já é bem autoexplicativo – trata-se de uma competição dentro de uma pista, que geralmente é um velódromo. Existem muitas provas nessa modalidade, como a perseguição por equipes, perseguição individual, velocidade olímpica, Madison, quilômetro, Keirin, Starch, ou até a corrida por pontos.

Todas as modalidades incluem uma competição dentro do velódromo, mas são diferentes umas das outras. São competições animais de se assistir, já que o espectador tem aquela sensação de estar com a torcida de um estádio, mas assistindo a bicicletas competindo.

Mountain Biking (MTB)

Foto: Bartek Wolinski/Red Bull
Foto: Bartek Wolinski/Red Bull

O Mountain Biking ou Cliclismo de Montanha é uma modalidade em que bicicletas de terrenos irregulares são usadas. Munidos de pneus mais largos, suspensões mais elaboradas, quadros mais reforçados, dentre outras alterações que fazem a bicicleta mais resistente, os ciclistas enfrentam montanhas, pedras e outros terrenos que precisam de muita habilidade para serem transpostos.

Existem também muitas outras subcategorias dentro do mountain biking, sendo as principais o Downhill – em que o ciclista opera primordialmente em descidas íngremes; o Freeride – uma mistura de várias modalidades do mountain biking que inclui até o downhill e o BMX.

Bicycle Motocross (BMX)

Foto: Christian Pondella/Red Bull
Foto: Christian Pondella/Red Bull

Esse último merece uma menção especial, já que pode até ser considerada uma das principais categorias do ciclismo. O acrônimo de BMX quer dizer Bicycle Motocross, pois imita as motos do motocross. Com bicicletas menores e pistas preparadas com obstáculos, curvas fechadas e outros objetos espalhados pelo meio do caminho, os ciclistas costumam ser pontuados pelos saltos, manobras e velocidade em que completam o circuito.

Há diversas outras modalidades dentro do ciclismo, mas as citadas acima são as principais. As magrelas têm várias funções – servem desde para se locomover, até para competir. Por causa da popularidade desse meio de transporte, é muito comum achar subcategorias para uma modalidade que já é uma subcategoria. Dessa forma, existem modalidades para todos os gostos. Basta pedalar e descobrir qual é o seu estilo!

Roupas e equipamentos de surf você encontra na Kanui.