Tênis pra cada tipo de pisada

Sabia que existem três tipos de pisada diferentes? Descubra qual é a sua pra escolher o modelo ideal na hora da caminhada ou da corrida!

 

Pisada pronada

Na pisada pronada o pé toca o chão primeiro com a parte de fora do calcanhar e rotaciona para a parte de dentro do pé, com impulso no dedão.

Embora seja o tipo mais comum de pisada, casos mais severos de pronação requerem tênis apropriados, que incluem um sistema de amortecimento superior (com reforço na parte de dentro do pé) e com suportes que previnam torções, como o Torsion System, idealizado pela Adidas.

 

O tênis ideal deve ter amortecimento na região mais prejudicada pelo tipo de pisada
O tênis ideal deve ter amortecimento na região mais prejudicada pelo tipo de pisada (Foto: Shutterstock)

Neutra

Considerada a pisada ideal, na neutra o impulso é direcionado pro centro do pé, num movimento leve de rotação pra dentro.

Os sortudos com este tipo de pisada, como não necessitam de correções no andar, precisam apenas de um tênis com um sistema de amortecimento leve, só para evitar dores e possíveis lesões no futuro.

Pisada supinada

Este é o tipo mais raro. É quando o primeiro toque do pé ao chão acontece com a parte de fora do calcanhar e se mantém na face externa, com  movimento para dentro. Aqui, o impulso da passada é gerado no dedinho.

Neste caso, a estabilidade é ultraimportante, pois há enorme tendência de lesões na coluna e nos ombros, já que o corpo balança muito. Então, o tênis ideal para os supinadores requer um belo reforço na região do antepé (parte “de fora” do calçado), com tecnologias de amortecimento na região como Wave e Gel, de alta absorção de impacto.

 

btn_veja-mais